Vitorina 2.ª na São Silvestre de Lisboa

Fim de ano gera sempre um sentimento de euforia nas gentes e, consequentemente, também nas gentes do Atletismo, cujas Corridas de São Silvestre há muitas décadas fazem parte do património cultural da corrida, associando-as ao fim do ano. Acontecem um pouco por todo o lado e, que saibamos, tivemos lobos em pelo menos 7. Vejamos o que se passou em Quarteira, Avis, Lisboa e Valencia de Alcantara, com o destaque de Vitorina Mourato ter obtido o 2.º lugar (entre 193) na sua categoria etária (F50).

Quarteira – 10 Km (28/12)

28.º Filipe Quelhas (AC Portalegre / UTSM) 40 m 17 s

181.º Nuno Rodrigues (AC Portalegre / UTSM) 53 m 40 s

Lisboa – 10 Km (31/12)

332.º Rui Monteiro (AC Portalegre / UTSM) 40 m 54 s

719.º Sérgio Carinhas (AC Portalegre / UTSM) 43 m 50 s

789.º Vitorina Mourato (AC Portalegre / UTSM) 44 m 18 s – 2.ª F50

1315.º Paula Matos (AC Portalegre / UTSM) 47 m 22 s – 12.ª F45

1852.º Inês Correia (AC Portalegre / UTSM) 49 m 49 s- 57.ª F20

6266.º Joana Monteiro (AC Portalegre / UTSM) 1 h 42 m 21 s – 540.ª F20

6267.º Anabela Monteiro (AC Portalegre / UTSM) 1 h 42 m 21 s – 132.ª F50

Avis – 6, 6 Km (31/12)

6.º M20  Tiago Valério (AC Portalegre / UTSM) 21 m 18 s

2.º M35  Marco Nabais (AC Portalegre / UTSM) 23 m 25 s

2.º M55  Emilio Paulino (AC Portalegre / UTSM) 24 m 21 s

3.º M55  Manuel Ceia (AC Portalegre / UTSM) 27 m 31 s

16.º M20  Hélder Melo (AC Portalegre / UTSM) 25 m 34 s

2.ª F45 Helena Ceia (AC Portalegre / UTSM) 14 m 56 s em 3, 3 Km

1.ª Fsub23 Ana Silva (AC Portalegre / UTSM) 15 m 16 s em 3, 3 Km

2.º M09 Tomás Nabais (AC Portalegre / UTSM) 35 s em 0,2 Km

Valéncia de Alcantara -2,2 Km (31/12)

2.º José Silvério (AC Portalegre / UTSM) 7 m 16 s

8.º Ismael Lopez (AC Portalegre / UTSM) 7 m 57 s

acp-ss-quarteira-2016
São Silvestre de Quarteira
acp-ss-avis2016
São Silvestre de Avis
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
São Silvestre de Lisboa
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
São Silvestre de Lisboa
lobitos-ss-avis2016
São Silvestre de Avis
acp-ss-valencia-alcantara-2016
Che e Ismael na São Silvestre de Valencia de Alcantara

UTSM: Inscrições abrem sexta-feira

A 6ª edição do UTSM – Ultra Trail da Serra de São Mamede terá lugar no dia 20 de Maio de 2017 mas as inscrições para participar no evento abrem como habitualmente exclusivamente online no final do ano (30 de Dezembro às 0 h). Após o anúncio do adiamento da exigente competição de corrida por trilhos a Direcção do ACP resolveu inflectir na decisão face à enorme pressão colocada pela desilusão que se sentira entre os milhares de fãs do evento e face à promessa de mais apoio por parte dos 3 municípios envolvidos: Portalegre, Castelo de Vide e Marvão. A edição de 2017 trará várias novidades em relação à transacta. Terá à mesma 3 distâncias: 100 Km com Partida à meia-noite do Estádio doas Assentos em Portalegre, como habitualmente; 50 Km (meio UTSM) com Partida às 9 h de Porto da Espada rumo a Marvão; e 25 Km (um quarto do UTSM) com Partida às 10 h de Castelo de Vide. Todas a chegadas serão em Portalegre no estádio dos Assentos. Serão muitos os trilhos novos com a prova a conhecer um novo início e um novo final. Início mais citadino rumo ao Atalaião com os primeiros 5 Km a testarem logo os concorrentes com a longa subida aos Matinhos pelo Boletim Meteorólogico e um novo final com a saída de cena da Serra da Penha e a entrada do Salão Frio, que apresentará também o 10.º e derradeiro PAC na sede do Centro Vicentino da Serra. Outro PAC novo será o 1.º que será instalado no centro do Reguengo entre a meia-noite e as 2 h da madrugada. O percurso definitivo está encontrado e a Organização está já, a 5 meses do evento, a melhorar e a tornar totalmente seguros alguns novos trilhos técnicos que farão as delícias dos participantes. A prova não perderá contudo as características essenciais que a identificam: um trail americano, muito corrível, muito cénico, procurando uma simbiose perfeita entre o património natural e cultural da região em que se insere, os concelhos de Portalegre, Castelo de Vide e Marvão. A conquista dos castelos de Portalegre, Alegrete, Marvão e Castelo de Vide continuarão a constituir os ícones do UTSM. Os trilhos serão muito diversificados e vão desde cerca de 5% de estradas vicinais, cerca de 5% de calçadas medievais, cerca de 10% de trilhos urbanos muito técnicos e exigentes, cerca de 40% de veredas – single tracks – e cerca de 40% de caminhos florestais que tornam o UTSM numa prova equilibrada na qual tanto podem render os concorrentes mais corredores como os concorrentes mais escaladores. Uma prova exigente na qual se devem inscrever concorrentes adequadamente preparados. Há distâncias para todos os níveis e os tempos de corte sofreram alterações sendo em 2017 um pouco mais exigentes. No terreno estarão outra vez perto de 3 centenas de voluntários e, entre eles, uma fantástica equipa de segurança com condições de a partir de cerca de 50 pontos de resgate, num tempo adequado, assegurar a assistência a quem dela possa vir a necessitar. As parcerias continuam a estabelecer-se e quem quiser associar-se ao evento pode a todo o momento contactar-nos para definirmos como pode apoiar e como pode obter retorno desse apoio.

Viver o evento por fora é fantástico mas o que muitos querem é efectivamente participar nele. A partir de dia 30 pode realizar a sua inscrição seguindo esta hiperligação com a vantagem dos preços praticados, já de si um autêntico “record mundial” da relação qualidade / preço, serem nos dias 30 e 31 ainda mais reduzidos. Assegure desde já uma das 500 vagas disponíveis em cada uma das 3 distâncias.

Site do UTSM

Regulamento provisório

Site para Inscrição

Ambiente UTSM 2016

33 na São Silvestre de Nisa

OLYMPUS DIGITAL CAMERA
ACP – Atletismo Clube de Portalegre na Corrida de São Silvestre de Nisa 2016

Grupo numeroso na Corrida de São Silvestre de Nisa que o Sporting Clube de Nisa organizou na sexta (23) à noite numa distância de 9 Km. As 5 voltas a um exigente circuito urbano com duas boas subidas e um irregular piso empedrado constituíram um bom desafio à centena e meia de participantes, 1/5 atletas do nosso clube. Vejamos as prestações de todos. Para o ACP no seu conjunto e no cômputo geral dos escalões alcançamos a 3.ª posição.

São Silvestre de Nisa (9 Km)

1.º Oswald Freitas (CNRM) 27 m 56 s

7.º M20 Tiago Valério (ACP) 29 m 50 s

8.º M20 Luís Semedo (ACP) 30 m 30 s

15.º M20 Nuno Paiva (ACP) 33 m 18 s

17.º M20 Marco Nabais (ACP) 33 m 49 s

18.º M20 Luis Anacleto (ACP) 34 m 29 s

1.º M55 Emílio Paulino (ACP) 34 m 34 s

22.º M20 Hugo Sequeira (ACP) 36 m 47 s

23.º M20 Hélder Melo (ACP) 36 m 58 s

6.º M50 Rui Monteiro (ACP) 37 m 58 s

7.º M45 Miguel Serafim (ACP) 38 m 01 s

8.º M45 José Moisés (ACP) 38 m 21 s

3.º M55 Manuel Ceia (ACP) 38 m 23 s

9.º M45 Luis Rodrigues (ACP) 38 m 34 s

4.º M55 João Carlos Correia (ACP) 38 m 58 s

6.ª F20 Filipa Gonçalves (ACP) 38 m 59 s

11.º M45 Sérgio Carinhas (ACP) 39 m 15 s

29.º M20 José Bancaleiro (ACP) 40 m 18 s

6.º M40 Pedro Tavares (ACP) 40 m 22 s

1.ª F50 Vitorina Mourato (ACP) 40 m 44 s

30.º Miguel Navega (ACP) 41 m 17 s

7.ª F20 Ana Vintém (ACP) 42 m 11 s

8.ª F20 Ana Miranda (ACP) 42 m 25 s

6.º M55 José Velez (ACP) 43 m 11 s

1.ª F45 Paula Matos (ACP) 43 m 41 s

2.ª F45 Helena Ceia (ACP) 44 m 54 s

3.ª F40 Ana Ventura (ACP) 46 m 15 s

4.ª F40 Rute Ferreira (ACP) 47 m 24 s

6.ª F45 Odete Barbas (ACP) 49 m 12 s

13.ª F20 Patrícia Madeira (ACP) 54 m 22 s

35.º M20 Daniel Madeira (ACP) 54 m 23 s

3.º M17 Duarte Tavares (ACP) 20 m 51 s em 5,4 Km

3.º M10 Tomás Nabais (ACP) 1 m 30 s em 0,5 Km

 

Sigamos a estrelinha!

felizestrelinha2016O ACP – Atletismo Clube de Portalegre vai entrar em 2017 convencido de que segue uma estrelinha, a sua estrelinha. Qual rei mago tentará, durante o 27.º ano de existência que decorrerá em 2017, fazer magia todos os dias, todos os fins-de-semana e sobretudo num dia especial, o dia 20 de Maio. Todos os dias com a quase uma centena de corredores que se sentem lobos a correrem centenas de Km não só já em Portalegre mas um pouco por todo o lado dada a diáspora que se verifica; em cada fim-de-semana com a participação dos seus cerca de 60 atletas a participarem em competição após competição numa vertigem que por vezes alcançará a meia dúzia nalguns deles; no dia 20 de Maio com a Organização da 6.ª edição desse evento efectivamente mágico que é o UTSM – Ultra Trail de São Mamede. Quem nos ergue a estrelinha são os nossos sócios/atletas e respectivas famílias, são os nossos coordenadores da Organização do UTSM e as fantásticas equipas que conseguem reunir, são os nossos parceiros e patrocinadores, são os milhares de amigos em Portalegre, na região e mesmo um pouco por todo o lado que constantemente nos animam e gentilmente enaltecem o nosso labor. A todos agradecemos tanto apoio e a todos desejamos, nesta quadra festiva, um Natal fabuloso e um ano de 2017 pleno de felicidade. É apenas para esse objectivo que a nossa estrelinha aponta: sermos felizes e proporcionarmos felicidade a outros. Sigamo-la pois!

Todos juntos em Cabeço de Vide

acp-cabeco2016
16 lobos e 8 lobas correram o II Trail da Associação de Juventude Vidense

Maravilhosa jornada ontem em Cabeço de Vide com o ACP a conseguir os dois prémios colectivos atribuídos: Melhor Equipa e Equipa Mais Numerosa.Foi a primeira da nóvel iniciativa da época que se inicia, o Todos Juntos. A ideia é, pelo menos uma vez por mês, reunirmos um grande número de membros do clube num mesmo evento. Ontem, no II Trail da Associação de Juventude Vidense, fomos nada menos de 24 , apesar de nos termos repartido por 5 competições neste FDS. Destaque para os excelentes resultados alcançados com Luís Semedo (2.º masculino) e Vitorina Mourato (3.ª feminina) a ocuparem posições nos pódios absolutos. Vejamos os resultados de todos:

1.º Vítor Cordeiro (Individual) 1 h 34 m 38 s

2.º Luís Semedo (AC Portalegre / UTSM) 1 h 34 m 59 s

4.º Diogo Vieira (AC Portalegre / UTSM) 1 h 44 m 33 s

5.º Luís Malheiro (AC Portalegre / UTSM) 1 h 44 m 37 s

11.º José Brandão (AC Portalegre / UTSM) 1 h 54 m 55 s

14.º José Bancaleiro (AC Portalegre / UTSM) 1 h 56 m 43 s

16.º Hélder Melo (AC Portalegre / UTSM) 1 h 57 m 57 s

24.º Miguel Serafim (AC Portalegre / UTSM) 2 h 07 m 03 s

28.º Pedro Tavares (AC Portalegre / UTSM) 2 h 10 m 58 s

35.º José Moisés (AC Portalegre / UTSM) 2 h 14 m 36 s

36.º Vitorina Mourato (AC Portalegre / UTSM) 2 h 15 m 17 s – 3.ª Fem

37.º João Carlos Correia (AC Portalegre / UTSM) 2 h 15 m 20 s

40.º Luís Maurício (AC Portalegre / UTSM) 2 h 16 m 42 s

43.º José Martins (AC Portalegre / UTSM) 2 h 19 m 42 s

44.º Sérgio Carinhas (AC Portalegre / UTSM) 2 h 20 m 13 s

49.º Ana Miranda (AC Portalegre / UTSM) 2 h 22 m 06 s – 5.ª Fem

50.º Paula Matos (AC Portalegre / UTSM) 2 h 22 m 12 s – 6.ª Fem

59.º Almerinda Velez (AC Portalegre / UTSM) 2 h 31 m 01 s – 9.ª Fem

62.º Luis Casimiro Rodrigues (AC Portalegre / UTSM) 2 h 34 m 02 s

68.º José Velez (AC Portalegre / UTSM) 2 h 38 m 44 s

71.º Helena Ceia (AC Portalegre / UTSM) 2 h 42 m 48 s – 10.ª Fem

72.º Manuel Ceia (AC Portalegre / UTSM) 2 h 42 m 50 s

90.º Filomena Cordeiro (AC Portalegre / UTSM) 3 h 12 m 09 s – 16.ª Fem

103.º Nuno Rodrigues (Ponte Final)  3 h 36 m 17 s

DNF Ana Ventura (AC Portalegre / UTSM)

DNF Diana Romão (AC Portalegre / UTSM)

Fotos de Paula Maurício.

melhor-equipa-cabeco-2016
ACP, a melhor e mais numerosa equipa em Cabeço de Vide
smedo-cabeco-2016
Luís Semedo e Vitor Cordeiro na liderança da prova
diogomalheiro-cabeco-2016
Diogo Vieira (4.º) e Luis Malheiro (5.º)
vitorinapedro-cabeco-2016
Vitorina Mourato (3.ª) e Pedro Tavares
jc-cabeco-2016
João Carlos Correia, vá lá uma foto no site que o gajo também merece!

Valério e Silverio 2.ºs em Alenquer e Calamonte

silverio-pocito-2016
José Silverio (CHE) 2.º no Pocito – Calamonte – Mérida

FDS de muita participação de alcateia em eventos em Portugal e em Espanha. Em Calamonte (Mérida) José Silverio (Che) alcançou a 2.ª posição nos 28 Km Carrera El Pocito, uma prova de trail running de créditos firmados na Extremadura.. Em Alenquer Tiago Valério foi também 2.º – entre 281 – nos 22 Km Alenquer Xmas Trail que completou em 1 h 46 m 08 s, a 2 m 03 s de Fábio Fontoura, o vencedor. Mais perto, em Carvajo, Ismael Lopez, foi 8.º no super curto trail Magustina 47 m 56 s em 8, 3 Km com um desnível de quase 400 m. Finalmente ontem em corrida de São Silvestre próxima da sua localidade de residência João Paulo Pereira foi 11.º. Mais informações logo que as Organizações coloquem online os resultados oficiais.

Resultados do Alenquer Xmas Trail.

tiagovalerio
Tiago Valério preparado para uma grande época desportiva

 

 

13 na São Silvestre do Crato

acp-crato2016
9 lobos e 4 lobas na 19.ª Corrida de São Silvestre do Crato

Pedro Trindade (6.º M20) foi o lobo mais rápido nos 10, 4 Km da Corrida de São Silvestre do Crato com 37 m 06 s. Para além do atleta da Urra mais 12 amarelinhas correram a 19.ª edição da prova que foi disputada por 220 concorrentes com Emílio Paulino (1.º M55), Manuel Ceia (2.º M55),  Rui Monteiro (3.º M50) e Helena Ceia (3.ª F40) a conseguirem subir ao pódio. Vejamos os resultados de todos:

6.º M20 – Pedro Trindade (AC Portalegre / UTSM) 37 m 06 s

8.º M20 – Luís Semedo (AC Portalegre / UTSM) 37 m 47 s

9.º M20 – Nuno Paiva (AC Portalegre / UTSM) 38 m 24 s

1.º M55 – Emílio Paulino (AC Portalegre / UTSM) 39 m 48 s

2.º M55 – Manuel Ceia (AC Portalegre / UTSM) 41 m 35 s

8.º M35 – Luis Anacleto (AC Portalegre / UTSM) 42 m 52 s

3.º M50 – Rui Monteiro (AC Portalegre / UTSM) 44 m 24 s

5.º M50 – João Albuquerque (AC Portalegre / UTSM) 47 m 29 s

8.ª F20 – Ana Vintém (AC Portalegre / UTSM) 48 m 06 s

9.ª F20 – Ana Miranda (AC Portalegre / UTSM) 49 m 01 s

7.º M55 – José Velez (AC Portalegre / UTSM) 49 m 32 s

3.ªF35 – Helena Ceia (AC Portalegre / UTSM) 50 m 47 s

12.ª F20 – Diana Correia (AC Portalegre / UTSM) 50 m 53 s

Resultados completos.

Fotos de Luís e Paula Maurício

pedro-trindade-crato-2016
Pedro Trindade foi o mais rápido dos lobos no Crato
emilio-paulino-crato-2016
Emílio Paulino 1.º M55 na 19.ª Corrida de São Silvestre do Crato
manuel-ceia-crato-2016
Manuel Ceia 2.º M55 no Crato
rui-monteiro-crato-2016
Rui Monteiro 3.º M50 na São Silvestre do Crato
helena-e-diana-crato-2016
Helena Ceia – e Diana Correia – 3.ª F35 na São Silvestre do Crato 2016