Hélder Melo classificou-se em 33.º lugar no evento 24 h de Portugal, realizado entra as 12 h de sábado e as 12 h de domingo em Vale de Cambra, tendo percorrido uma distância superior a 108, 63 Km. Sobre a sua participação no evento o atleta escreveu na sua página social:

“Agora já sentadinho no sofá, com banho tomado e barriga cheia depois de almoço, é mais fácil falar…
Sim, arrisquei!
Agora olhando para trás vejo que levava um ritmo demasiado alto ao início, nas primeiras 3h… Mas se queria tentar os 180km tinha mesmo que ser assim…
Fui bebendo e comendo em todas as voltas, mas não o suficiente…
Ao fim de 6/7h estava dentro das minhas previsões, mas sentia-me a quebrar bastante…
Ia nos 10 primeiros da geral e em 2° do escalão, mas não seria por muito tempo…
Às 9h de prova com dificuldades em comer decidi deitar-me 1h…
Ainda dormi uns 30min! Acordei revigorado e com as pernas leves! Comi alguma coisa e arranquei para mais 4 voltas…
O objectivo dos 180km estava a escapar-me e sabia que a partir dali era sempre a piorar..
Antes da meia-noite, 12h de prova, decidi parar mais 1h… Ia com 78km, se não me engano… Estava completamente desidratado, já não urinava há umas horas, comecei a sentir uma dor na zona dos rins e umas pontadas no coração… Fiquei com medo!
Não estava com intenções de pôr em risco a minha saúde, visto que ainda faltava tanto para o final…
Cerca da 1h, depois de me ter levantado e tentado comer qualquer coisa, comecei a minha peregrinação até aos 93km, sempre a caminhar, porque até tinha medo de correr! Corria 20metros e as pulsações disparavam logo…
Nova paragem cerca das 4h da manhã!
Decidi descansar até nascer o dia e o speaker começar a fazer barulho!
Quando voltasse à pista logo decidia até onde ia…
Levantei-me cerca das 8h, com mais apetite e já minimamente hidratado!
Comi bem e arranquei para mais umas quantas voltas, praticamente sempre a caminhar…
Ainda cheguei aos 108km!
33° da geral e 5° do escalão
Cometi alguns erros, que paguei caro… primeiro durante a preparação, não treinei o suficiente! E depois durante a prova, ritmos demasiado altos que levou a dificuldade em comer e beber!
Mesmo assim foi bom, uma experiência única!
Finalmente queria agradecer, do fundo do coração, a todos os que me apoiaram, fisicamente ou “via online”!
Sem o vosso apoio teria sido muito mais difícil…

Resultado da prova do Hélder aqui.

Resultados completos.

Foto em destaque de Orlando Duarte.

helder-melo-vale-de-cambra-2016

Anúncios