Pódios em Sintra e Fronteira

Mais um FDS de eventos com lobas e lobos espalhados por vários. Façamos a súmula. Ontem, em Sintra, Natália Andrade alcançou a 4.ª posição feminina (2.ª F20) nos 55 Km do Trail Sintra Montanha Mágica com 9 h 31 m 41 s. No mesmo evento, mas na mais participada distância de 25 Km, Ana Vintém alcançou a mesma posição com 3 h 05 m 45 s (77.º de 912 classificados). Catarina Ramalho foi 477.º (37.ª F20) com 4 h 05 m 04 s. Um pouco ao lado, em Lisboa,  João Pereira foi 140.º de 668  nos 10 Km Corrida de Belém com 47 m 41 s; e um pouco a sul, no Montijo, Paulo Gandum conseguiu o 153.º posto de 438 com 52 m 48 s nos 10 Km Corrida da Base Aérea n.º 6. No sábado Helena Ceia participara e vencera a Mini Maratona de Fronteira.

Trilhos do Monte Paleiros

A Associação de Amigos de Monte Paleiros comemorou hoje o 5.º aniversário e  presenteou-se e presenteou-nos com um belo free trail. Manhã adequada para a genética da coisa, com chuva torrencial, não demoveu os cerca de 30 corajosos e corajosas que responderam à chamada. Após meia hora sob imensa tormenta o céu abriu para 4 h de bela e fresca Primavera no coração da freguesia de Carreiras e Ribeira de Nisa, centro dos PAC 8 e 9 do UTSM. 23 Km de trilhos e muitas ideias a fervilharem na nossa cabeça e na cabeça dos nossos muitos amigos tendo em vista as próximas edições do UTSM. Todas serão devidamente equacionadas com o objectivo de conseguirmos a única coisa que pretendemos: 100% trail, 100% running, 100% de boa promoção da nossa região. Aos aniversariantes o nosso obrigado pelo excelente dia que nos proporcionaram e os nossos parabéns pelo trabalho desenvolvido no primeiro quinquénio de existência.

XXX Escalada do Mendro

Na 30.ª edição da Escalada do Mendro, uma clássica do calendário e uma das mais antigas competições alentejanas, estiveram presentes 14 lobos, 12 deles na prova absoluta, 11 desnivelados Km entre Vidigueira, as antenas do Mendro e regresso à localidade da “famosa pinga”. A prova é das que continua a oferecer prémios monetários, o que aliado a um ambiente festivo com comezaina colectiva após o evento e um percurso que chama os atletas da montanha e do trail e não afasta os da estrada, a torna uma clássica de “final de época” com excelente nível competitivo. Um regulamento permissivo, que permite a constituição de equipas com “amigos de ocasião”, também contribui para o clima “popular” que se respira nos jardins da piscina municipal. Os resultados para as nossas cores foram como habitualmente interessantes com a equipa a conseguir o 8.º posto e os super-veteranos Vítor Cordeiro e Vitorina Mourato a conseguirem vencer os escalão dos 50>54 anos. Vejamos os resultados de todos entre os 306 classificados:

1.º Bruno Paixão (BAC) 37 m 52 s

16.º Vitor Cordeiro (AC Portalegre / UTSM) 42 m 01 s – 1.º M50

56.º Marco Nabais (AC Portalegre / UTSM) 46 m 22 s

66.º Emílio Paulino (AC Portalegre / UTSM) 47 m 42 s – 4.º M55

74.º José Reis (AC Portalegre / UTSM) 48 m 54 s

114.º Manuel Ceia (AC Portalegre / UTSM) 53 m 49 s

126.º Luis Cruz Rodrigues (AC Portalegre / UTSM) 55 m 10 s

130.º Vitorina Mourato (AC Portalegre / UTSM) 55 m 22 s – 1.ª F50

138.º João Carlos Correia (AC Portalegre / UTSM) 56 m 00 s

154.º Pedro Tavares (AC Portalegre / UTSM) 57 m 07 s

157.º Fábio Costa (AC Portalegre / UTSM) 57 m 31 s

227.º Rute Ferreira (AC Portalegre / UTSM) 65 m 58 s – 9.ª F20

235.º Helena Ceia (AC Portalegre / UTSM) 67 m 25 s – 6.ª F40

306.º Mário Caetano (Cabras Doidas) 97 m 55 s

Corridas Jovens

12.ª F11 Sofia Rodrigues (AC Portalegre / UTSM) 1 m 49 s

5.º M15 Alexandre Rodrigues (AC Portalegre / UTSM) 4 m 46 s

Resultados completos.

ACP no Olímpico Jovem

O ACP foi um dos 4 clubes representados na Final Distrital do Torneio Olímpico Jovem, realizado numa jornada dupla no passado FDS em Castelo de Vide (sábado) e Ponte de Sôr (domingo). Apesar de presente com uma representação marginal (3 atletas) os jovens lobitos estiveram em Castelo de Vide a atestar o trabalho que vêm realizando às terças e quintas, no estádio dos Assentos, sob a orientação de Rute Costa. Os resultados: Iara Silva (F11) 3.ª nos 60 m com 10,3 e 3.ª nos 600 m com 2 m 33 s 7/10; Miguel Candeias (M11) 3.º nos 60 m com 10,9 e 4.º nos 600 m com 2 m 37 s 4/10; Patrícia Madeira (Fsub23) 2.ª nos 800 m com 3 m 53 s 9/10

Resultados completos.

Medalha de Mérito Municipal

O ACP – Atletismo Clube de Portalegre recebeu hoje, no decorrer da Sessão Solene comemorativa do 466.º aniversário da elevação de Portalegre a cidade, a Medalha de Mérito Municipal – Grau Prata. A distinção honorífica foi decidida pela unanimidade dos membros do executivo municipal e teve como fundamentação o facto do “ACP – Atletismo Clube de Portalegre ter sido fundado em 31 de Janeiro de 1991 e desde essa data vir desenvolvendo contínua e intensa actividade na sua área de intervenção, a prática do Atletismo por parte dos seus associados e a divulgação e promoção dessa modalidade, centrada particularmente na Corrida. Na vertente da participação competitiva o clube foi evoluindo de forma permanente possuindo actualmente um conjunto de 80 praticantes que asseguram a Portalegre uma presença condigna em cerca de 100 competições de nível nacional e internacional por ano. O ACP é o actual Campeão Nacional de Trail Running e no currículo detém também os títulos nacionais de Corrida em Montanha, para além de várias posições entre as 10 primeiras equipas em Campeonatos Nacionais de Estrada e Corta-Mato, a par de dezenas de vitórias individuais e colectivas em competições de referência. Teve já 3 atletas internacionais seleccionados pela Federação Portuguesa de Atletismo: Vítor Cordeiro, Vitorina Mourato e Luis Semedo. A nível de Organizações o ACP é responsável, desde há 5 anos, pela criação do movimento do trail running no Alto Alentejo, organizando o UTSM – Ultra Trail da Serra de São Mamede, um evento de referência nacional da expansiva modalidade. Organizou ao longo dos 25 anos de existência vários eventos (Corta-Mato Internacional de Portalegre, Nacional de Montanha, 24 h a Correr) todos avaliados a nível de excelência pelos intervenientes. Outra das vertentes tem sido a da formação, numa perspectiva essencialmente pedagógica, centrada mais na divulgação do Atletismo Global que na da competição exacerbada em tenras idades, tendo passado pelo enquadramento técnico do clube perto de 300 crianças e jovens ao longo do período da existência do ACP. Também de enaltecer a boa prática da divulgação e promoção da modalidade já que é património do ACP um vasto conjunto de meios que tornam públicos todos os eventos e acontecimentos da vida desportiva da associação, o que tem potenciado quer a visibilidade do clube, quer a da própria cidade. O derradeiro aspecto a referir nesta pequena nota biográfica é o da gestão de meios financeiros já que o clube tem conseguido sobreviver e desenvolver as suas actividades com um gasto pouco significativo de dinheiros públicos, auto financiando-se de modo muito significativo. Alguns dos eventos que promove vêm mesmo produzindo um impacto com algum significado na economia local.”

O clube agradece a distinção atribuída e não deixará de reflectir a responsabilidade acrescida que a mesma lhe traz pelo que tudo fará para continuar a dignificar a cidade e a região em todas as vertentes em que desenvolve actividade.

Dino Mafra papatrilhos

Uma semana após a surpreendente prestação no TLSM, onde fora 7.º, Dino Mafra voltou a competir alinhando na edição inaugural dos 15 Km PapaTrilhos Vila Viçosa que venceu com facilidade em 1 h 24 m 02 s. No mesmo evento, que classificou 90 concorrentes, participaram também Pedro Parelho (4.º com 1 h 29 m 07 s) e Hugo Sequeira (11.º com 1 h 37 m 45 s).

Resultados completos.

ACP Vila Viçosa 2016
Hugo, Dino e Pedro

Hélder Melo TOP100 no EGT

Hélder Melo classificou-se em 96.º lugar (entre 240 finalistas) com 15 h 19 m 07 s nos 90 Km Estrela Grande Trail, prova pontuável para o Campeonato Nacional de Trail Ultra Endurance, realizado no sábado, 21, a partir de Manteigas. No evento participou ainda, na distância de 46 Km, Filipe Quelhas, que alcançou o 42.º lugar – entre 254 finalistas – com 5 h 59 m 22 s.

Créditos fotográficos: RUNNERS.PT e PROZIS

Resultados completos.

Filipe Quelhas EGT 2016