Correr 43 Km num areal assim,
Correr 43 Km num areal assim, “sem água”, é para valentes! (foto VDamas)

A 29.ª semana de 2015 vai ser quente. Vai quente o Verão de 2015. Apesar das condições atmosféricas adversas para a exigente prática da corrida o que não faltam são eventos e eventos nada fáceis de concluir. Nada que atemorize os lobos nem atemorize centenas de corredores, que a corrida está na moda e há sempre freguesia disposta a colorir a vida com a participação nas provas. Estaremos em pelo menos 3 eventos: no sábado, pelas 19 h, Hélder Melo alinha nos anunciados “10 Km mais rápidos de Portugal”, na marginal entre Costa Nova e Vagueira. No domingo vai ser mesmo dentro de água. João Farinha e André Trindade regressam a Constância para participação na 3.ª edição do Kayak Trail do Tejo, um evento singular com 7 Km de canoagem seguido de 16 Km por trilhos de pé posto. À mesma hora inicia-se em Melides a Ultra Maratona Atlântica, 43 Km totalmente no areal da praia, que terminam em Tróia. Prova muito dura, pela distância, pelo piso que em muitas edições se apresenta movediço e irregular e pelo insano regime de auto-suficiência em que decorre, já que não há abastecimentos e os concorrentes têm que transportar consigo todo o abastecimento que prevejam necessitar. O ACP tem historial no evento e apresenta um terceto master de luxo: Emílio Paulino, Rui Monteiro e Vítor Cordeiro. A todos os atletas referidos bem como a outros que eventualmente alinhem nalgum outro evento de que não tenhamos conhecimento fazemos votos de excelentes desempenhos. Não se afoguem!

Anúncios