André Trindade em Figueira e Barros 2014
André Trindade em Figueira e Barros 2014

A “velhinha” especialidade de corta-mato continua a ser uma óptima escola de corrida. Nela tudo se conjuga no que a corrida diz respeito e, nas distâncias mais comuns, permite conjugar várias capacidades físicas que podem ser exploradas noutras variantes da corrida. Nesse sentido e apesar de no dia de hoje termos alinhado no Ultra Trail dos Abutres não deixamos de ir a Figueira e Barros participar no 28.º Corta-Mato da localidade, um evento cuja longevidade tem um rosto, o de Feliz Valério, homem da terra e um dos mais dedicados obreiros do desporto regional. O melhor dos nossos representantes foi o cada vez mais trail runner Luís Semedo que conseguiu o 3.º lugar absoluto. Por equipas fomos 5º.s.

28º Corta-Mato de Figueira e Barros

6000 m

1º Bruno Paixão – CA Benaventense – 19 m 46 s

3º Luís Semedo – AC Portalegre/UTSM – 20 m 13 s

13º André Trindade – AC Portalegre/UTSM – 22 m 47 s

23º Emílio Paulino – AC Portalegre/UTSM – 24 m 27 s – 3º M50

31º Bruno Traguil – AC Portalegre/UTSM – 27 m 10 s – 4º M19

4500 m

5ª Ana Silva – AC Portalegre/UTSM – 24 m 13 s – 1ª F19

1000 m 

14º M13 – Telmo Bonito – AC Portalegre/UTSM – 5 m 18 s

5ª F13 – Raquel Papafina – AC Portalegre/UTSM – 5 m 24 s

Resultados completos.

Anúncios