José Diogo dos Santos no top300 entre 20.000

Realizou-se hoje de manhã em Lisboa a Meia-Maratona de Portugal, este ano com a novidade da sua integração no circuito mundial Rock & Roll Marathons, eventos de massas na área da corrida com uma componente musical com a actuação de bandas de referência ao vivo. Vão longe os tempos em que alguns de nós eram evectivados por esse estranho hábito de correr por estradas e estradinhas. Hoje é o desporto da moda e ainda bem. Claro que tanta popularidade trás os seus quês e os 4 lobos presentes partiram entre a massa dos 20.000 participantes e não de uma zona VIP com inscrições ainda mais caras que o que já são e onde dado o tiro de partida e tiradas as fotos para as revistas cor de rosa logo se começa a atrapalhar aqueles que levam a corrida como uma coisa séria e gostam de testar o que conseguem com o trabalho metódico que realizam diariamente. Mas este um aparte porque o que conta, no Atletismo, é realmente o tempo gasto entre a Partida e a Chegada, neste caso ao longo dos 21, 1 Km do evento. Aqui ficam as prestações dos atletas da alcateia ACP:

1º Martin Lel (Quénia) 1 h 01 m 28 s

281º José Diogo dos Santos (ACP) 1 h 30 m 11 s (1:29.52 chip)

543º Bruno Carrilho (ACP) 1 h 36 m 35 s (1:36.08 chip)

1005º João Bucho (ACP) 1 h 43 m 31 s (1:41.56 chip)

1204º Domingos Bucho (ACP) 1 h 45 m 54 s (1:44.19 chip)

Anúncios