Iniciamos hoje o balanço do ano desportivo de 2011 (1 de janeiro a 31 de dezembro) apresentando números que muito nos enchem de orgulho. São várias as abordagens estatísticas possíveis mas as que mais nos importam são as que colocam a tónica na prática e na visibilidade do nosso trabalho. Os números não mentem, assim haja paciência em compilá-los e analisá-los: 518 resultados oficiais conseguidos em 80 competições (50 em Portugal e 30 em Espanha). O ACP esteve representado em 66 localidades, 39 portuguesas e 27 espanholas. No total representaram o ACP em 2011 um total de 67 atletas (38 masculinos e 29 femininos) que correram qualquer coisa como 5708 Km durante cerca de 470 h. Nas especialidades praticadas avultam as provas de estrada com 280 participações, seguidas das de corta-mato com 112, do trail com 90 e da pista com 36. Embora os atletas femininos atinjam significativos 43% no clube foram responsáveis por apenas 29% dos resultados (150) enquanto os 57% de atletas masculinos conseguiram 368 (71%). Os números também permitem encontrar um rácio de competição por atleta de apenas 7, 73 provas no ano, o que significa que no clube todos cabem, os que competem muito como também atletas que se ficam por uma ou duas participações competitivas. Outra das conclusões que os números que são dados a conhecer no documento seguinte nos indicam é que o ACP é cada vez mais um clube luso-espanhol: 20% dos resultados foram obtidos em Espanha, país onde competimos quase tanto como em Portugal (37% vs 63%). Realizaremos outras abordagens estatísticas ao documento durante o corrente mês. Para já fica o desafio. Vamos suplantar estes números no ano 2012 que agora começa?

Anúncios