Maranhão: qual ressaca qual quê?

A primeira prova de 2010 revelou um ACP cheio de vitalidade, cada vez mais coeso e animado, a conseguir sempre grandes resultados, sobretudo na atitude com que se aborda a participação em competições. Muitas presenças, muitas ausências, mas no balanço final um 2º posto colectivo a apenas 8 pontos dos luso-espanhóis do CEN que, tal como vaticináramos, possui este ano um numeroso conjunto difícil de bater. Individualmente a prova não teve história já que Bruno Paixão (ACP – Portalegre) a dominou de princípio a fim mesmo sem pisar o acelerador. Depois foi ver o entusiasmo com que os ACPês presentes se entregaram ao difícil traçado do circuito, com muitos a acusarem ainda o excesso de treino na noite de dia 31 e na madrugada de dia 1. Um réveillon amarelo no Crato que deu brado e que será para repetir. Ano novo parece também trazer uma nova AADP, a laborar a um ritmo normal, a que nos desabituáramos, e assim é possível apresentar já os Resultados Completos. Fazemos votos que esta dinâmica se mantenha. Cá estaremos para a multiplicar.

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.