Pocahontas uivaram no Tejo

3 lobas e 3 lobos conseguiram duas vitórias e três lugares no pódio na 4.ª edição do Kayak Trail do Tejo que o CASPA organizou hoje na zona da Foz do Zêzere. Participaram no evento 106 duplas de atletas que tiveram de descer o rio Tejo em Kayak ao longo de 7 Km entre Constança e Tancos a que somaram 18 Km de trilhos no regresso ao local da partida. Os lobos viraram índios numa prova em que o calor e a aventura de uma modalidade que não praticam com regularidade foi o principal obstáculo colocado aos conjuntos. 5 duplas do ACP, 1 só com lobas, uma só com lobos e 3 mistas e respectivas famílias, bem como mais algumas duplas portalegrenses, divertiram-se à brava, contudo um divertimento bem duro já que os termómetros chegaram perto dos 40ºC.

Resultados dos atletas  ACP:

3. º Geral – 3.º  Masculinos – João Farinha / André Trindade – 2 h 45 m 02 s

5.º Geral – 1.º MIsta – Nuno Paiva / Ana Miranda – 2 h 55 m 00 s

11.º Geral – 1.ª Femininos – Vitorina Mourato / Almerinda Velez – 3 h 09 m 10 s

12.º Geral – 10.º Masculinos – Manuel Milhinhos / Roberto Tomé – 3 h 09 m 10 s

33.º Geral – Ricardo Cordeiro / Rita Boavida – 3 h 43 m 01 s

Álbum fotográfico!

Vítor, Emílio e Carla TOP3 na UMA

Vítor Cordeiro alcançou o 5.º posto absoluto (1.º M50) com 3 h 27 m 21 s na 12.ª UMA – Ultra Maratona Atlântica Melides > Tróia que hoje se realizou ao longo de 43 Km pela orla marítima. Uma prova de beleza única e também extrema dificuldade, aumentada pela incompreensível norma regulamentar de não ter abastecimentos, obrigando os participantes que têm a coragem de participar nestas condições a um esforço extra de gestão do líquido que conseguem transportar. Este ano classificaram-se 194 concorrentes e entre eles outro bravo lobo ACP, o arronchense Emílio Paulino que marcou 22.º e 3.º M55 com 3 h 58 m 45 s.

Na versão mais curta do evento, a Corrida Atlântica, 15 Km entre a Praia da Comporta e Tróia, a regressada Carla Dias fez figura conseguindo o 3.º posto absoluto feminino e 3.º F20 com  1 h 10 m 41 s. Nesta distância participaram ainda Ana Vintém (14.ª com 1 h 26 m 35 s), Rute Ferreira (19.ª com 1 h 32 m 05 s) e Luis Cruz Rodrigues (65.º com 1 h 17 m 03 s).

Cordeiro 2.º em Vouzela

Vítor Cordeiro classificou-se em 2.º lugar (1.º M50) nos 38 Km Trail das Poldras (Vizela), prova pontuável para o Campeonato Nacional de Trail. O evento ficou marcada pelo calor excessivo, perto de 40ºC à mais que imprópria hora da partida (15 h) e pela péssima organização que colocou em risco a integridade física dos relativamente poucos participantes (108 classificados). Percurso mal marcado e falta de água e alimentos são algumas das referências recorrentes. Os lobos sobreviveram para contar. Cordeiro fez uma prova magnífica tendo gasto apenas 3 h 01 m 18 s, mais 5 m 01 s que o Tiago Aires (Nutrimania), o vencedor. João Farinha  classificou-se em 54.º com 4 h 55 m 56 s, José Reis foi o 58.º com 4 h 58 m 04 s, Almerinda Velez foi 74.ª e 2.ª F50 com 5 h 20 m 52 s, Diana Romão alcançou o 75.º posto (2.ª F20) com 5 h 20 m 53 s e  José Velez concluiu em 101.º de Geral e 3.º M55 com 6 h 01 m 07 s. Marco Nabais viu-se obrigado a desistir devido a desidratação. Por equipas o ACP foi anunciado como 3.º, classificação a confirmar já que Marco Nabais, desistente, aparece classificado em 30.º na Folha provisória de resultados.

ACP Poldras 2016

Vi&Vi no pódio em Oliva

Apesar de já entrados no escalão M50 e F50 a famosa dupla V&V (Vítor Cordeiro e Vitorina Mourato) continuam a alcançar o pódio absoluto em Espanha. No sábado à noite em Oliva de la Frontera, numa corrida nocturna de apenas 6 Km disputada sob um elevada temperatura de 37ºC, Vítor foi 2.º e Vitorina 3.ª. A prova foi ganha por Bruno Paixão com 17 m 25 s. Vítor Cordeiro foi 2.º com 18 m 55 s, Emílio Paulino 12,º com 21 m 27 s, João Carlos Correia 24.º com 23m 37 s, Vitorina Mourato 40.º e 3.ª F com 25 m 17 s e Ana Vintém 55.º e 7.ª F com 27 m 55 s.