UTSM – Agradecimento público da Direção do ACP

O ACP – Atletismo Clube Portalegre organizou nos dias 6, 7 e 8 de maio de 2022 o UTSM – Ultra Trail de São Mamede, evento desportivo de corrida por trilhos que mobilizou perto de 1500 concorrentes de 16 nacionalidades, e que teve de ser adiado por 2 anos devido à pandemia. A distância mais longa, este ano cerca de 105 Km, constituiu o Campeonato Nacional de Trail Ultra Endurance. Todas as 4 distâncias pontuaram para os Circuitos Nacionais ATRP, integraram o calendário da ITRA e foram qualificativas para o UTMB – Ultra Trail do Mont Blanc.

O evento atravessa os concelhos de Portalegre, Castelo de Vide e Marvão e para o seu traçado procuramos trilhos especialmente exigentes, mas sempre com o objetivo de enaltecer a riqueza e beleza natural e patrimonial da nossa região e um envolvimento da população que contribua para a melhoria da autoestima de quem aqui vive.

Passadas 24 h sobre a realização do evento é possível fazer um balanço geral do mesmo. Foi, de novo, um sucesso absoluto como se pode constatar pelas centenas de comentários nas redes sociais, mensagens, telefonemas e sobretudo na alegria estampada no rosto de participantes e colaboradores.

É um evento de grande complexidade logística, de duração contínua prolongada – a distância longa pode ser completada em 26 h -, que exige da Organização um esforço por vezes sobre-humano para que tudo decorra sem falhas. Muita, muita gente colabora com o ACP nesta Organização, que é já um evento da região, mais que uma competição desportiva organizada por uma entidade.

Passamos a enumerar e a agradecer do fundo do coração aos principais colaboradores, todos eles dignos do crédito que o sucesso organizativo nos traz. Fomos/foram inspiradores!

O primeiro agradecimento vai para os Concorrentes. Sem vocês não haveria evento. A energia positiva que nos transmitem e as centenas de mimos que nos dirigem fazem com nunca vacilemos e dediquemos ao evento todos os minutos das nossas vidas que conseguimos inventar. Tentaremos sempre surpreender-vos e estar à altura dos vossos sonhos e da dimensão do quanto investem das vossas vidas pessoais para estarem presentes numa competição tão exigente.

O segundo agradecimento vai para as centenas de Voluntários – 300 – que colaboram nas mais diversas tarefas. Seja na retaguarda de um PAC a cortar melancia, seja num atravessamento de estrada, seja na pintura dalgum espaço público, seja nalguma outra das mil e uma tarefas necessárias para que tudo decorra na perfeição vocês são uma das imagens de marca do evento. Não se limitam a trabalhar de borla horas e horas, têm sempre um sorriso, um dichote, uma palavra animadora para quem nos visita. São um excelente cartão de visita da região.

O terceiro agradecimento vai para o Município de Portalegre e para as suas Juntas de Freguesia que nos dão quase todo o apoio logístico de que necessitamos e ainda nos atribuem, no caso da Câmara e da Junta da Sé e SL, um apoio financeiro que ajuda a equilibrar as contas. Um grande bem haja aos eleitos, a começar pela Presidente Fermelinda Carvalho – que com o Vereador António Casa Nova esteve presente em todos os atos sociais do evento -, e a cada um dos colaboradores destas entidades, que cada vez mais nos ajudam com uma grande vontade de que as coisas corram bem. Este agradecimento é extensivo também aos municípios de Castelo de Vide e Marvão sempre disponíveis para nos incentivar a prosseguirmos no nosso labor.

Um quarto agradecimento vai para os patrocinadores financeiros (DAVINES, Glassdrive e A Matos CAR) e também para todos os outros patrocinadores/parceiros comerciais que nos aplicam descontos no que adquirimos o que também é uma forma de apoio muito efetivo e que muito alivia os encargos que temos com o evento.

Um quinto agradecimento é devido aos proprietários e entidades que legalmente dão pareceres para que a prova se possa realizar. Tudo procuramos cumprir atempadamente e chegamos a ser aborrecidos nos contactos com os proprietários. Felizmente não há ninguém que não consinta a passagem dos corredores e alguns proprietários tornaram-se mesmo “voluntários”  limpando terrenos, abrindo cancelas, chegando mesmo a realizar algumas marcações. Vários há que nos agradecem o espetáculo e a animação que levamos à porta de suas casas. Gente boa as nossas gentes. Se por lapso ou desconhecimento não contactámos alguém desde já o nosso pedido de desculpas. Incluímos aqui a vizinhança da prova, as zonas urbanas onde vivem pessoas. Saem de casa para incentivar os concorrentes e este ano face ao calor que se fazia sentir, nomeadamente na parte diurna do evento, montaram pontos de apoio suplementares aos nossos, oferecendo pontos de água para refrescamento que alguns concorrentes não deixaram de agradecer. Particularmente sentido na Zona dos Covões / Planalto. Bem hajam.

Um sexto agradecimento é devido ao Comandante Rui Conchinha e ao CODIS, que engloba a disponibilidade dos seus membros bem como dos bombeiros das corporações de Castelo de Vide, Marvão e Portalegre e da delegação em Portalegre da Cruz Vermelha. Montam um apoio de segurança e resgate quase ímpar nos eventos de trail running nacionais. Associada a esta valência um agradecimento muito especial à Doutora Filipa Taré e demais profissionais da equipa médica do evento. O que fazem é fantástico, resolvem a quase totalidade das muitas situações que surgem num evento tão exigente, permitindo não só prestar a assistência médica imediata que os concorrentes merecem bem como aliviam o serviço de urgências do Hospital José Maria Grande, fazendo com que o evento não tenha praticamente qualquer impacto negativo na população que é obrigada a recorrer a esse serviço. Também neste apartado temos de agradecer à PSP e à GNR a disponibilidade não só para articular connosco o apoio das suas forças, mas também para estar no terreno a dirigir e a orientar o trânsito nas passagens mais perigosas.

Um sétimo agradecimento é devido a valências paralelas ao desenvolvimento da corrida mas fundamentais. Ao DJ Tabelas, que  abrilhantou o Concerto da Partida dos 106 Km, e à Banda da Sociedade Musical Alegretense, que abrilhantou a Partida dos 23 Km. Fundamental é também a colaboração da Associação O Mundo da Corrida no sistema de apuramento de resultados e no seguimento LIVE. Não brincamos com coisas sérias e para o ACP a fiabilidade dos resultados e a sua divulgação em tempo real é questão de honra e procuramos escolher entre os melhores quem nos preste este serviço.

Um oitavo agradecimento às associações congéneres que dão apoio nos PAC´s à passagem do evento pelas suas localidades. Eles vivem o evento como nós e são parceiros fundamentais no envolvimento das populações e na angariação de voluntários. Todas estão elencadas na página oficial do evento. Referência especial para o Grupo Motard Novo Milénio, que deu um apoio muito importante no apoio alimentar, preparando quase 2 milhares de refeições. Bem hajam todos!

Um nono agradecimento vai para a grande mais-valia do evento deste ano. Uma transmissão LIVE com quase 16 h, repartida por 3 momentos (Dia 1, Dia 2 e Dia 3) que não só mostrou ao mundo inteiro o evento, desportivamente falando, mas foi muito para além disso, com dezenas de entrevistas, humor e declamação de poemas escritos propositadamente, enfim uma ideia global de evento que a HLS Media soube interpretar, melhorar e realizar e que terá sido inédita no tipo de abordagem que realizou. A repercussão para os patrocinadores que nos custa tanto a angariar deverá ter sido imensa.

O nono agradecimento particular dirige-se à restauração da cidade e região e às unidades hoteleiras que com a sua conhecida disponibilidade e qualidade do serviço que prestam fazem com que os concorrentes saiam de Portalegre com vontade de regressar já que beneficiam duma experiência completa que inclui a vertente gastronómica para muitos deles. Obrigando o nosso evento a pelo menos uma pernoita para muitos dos participantes seria um pouco complicado se não contássemos com esse apoio indireto.

Finalmente o derradeiro agradecimento vai para dentro da equipa organizadora, o nosso fantástico ACP. Somos já mais de 100, reunimos à nossa volta as nossas famílias e fazemos magia acontecer. Não corro aqui o risco de referir nomes. Fomos tantos a dar tanto que sabemos bem uns dos outros. Que consigamos manter os elevados níveis de prontidão que constantemente revelamos para continuarmos a abraçar os nossos desafios. O nosso desafio é o de, em cada ano, batermos o record do número de horas sem dormir em laboração contínua. Chegou às 45 para alguns este ano. Somos grandes.

Se alguma omissão existiu pedimos desde já desculpa e editaremos o artigo para a incluirmos. Entretanto lançamos o desafio a todos os envolvidos. Em 5, 6 e 7 de maio de 2023 repetimos tudo? Claro que sim, se estiverem connosco, repetiremos tudo se possível um bocadinho melhor ainda. Portalegre (e Castelo de Vide, e Marvão) merecem um evento assim!

A Direção do ACP – Atletismo Clube de Portalegre

Todos ficamos de novo de joelhos face à dimensão do monumento desportivo que erigimos. Bem hajam os que contribuíram para o Sucesso. Voltamos em 5, 6 e 7 de maio de 2023.

Os comentários estão fechados.

Website Built with WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: