ACP cresceu 53% em 2018

ACP – 28 anos a inspirar!

Os mesmos de sempre mas sempre a crescer. Os números do balanço desportivo do ACP que hoje, dia do 28.º aniversário apresentamos, impressionam-nos. Um total de 131 praticantes (46 femininos, 35%) foram responsáveis por 1869 resultados oficiais (602 conseguidos por mulheres, 32%) repartidos quase igualmente pelas especialidades de Pista (549), Estrada (528), Trail (565) e Corta-Mato (220). Para estes impressionantes números os nossos atletas competiram em 157 diferentes localidades em 4 países e 2 regiões autónomas. Só na vertente da corrida percorreram em competição 20.456 Km em 221 h 38 m 31, o equivalente a 36 vezes Portugal de Norte a Sul. No que concerne à qualidade dos desempenhos eles são bem visíveis nos 224 artigos que publicámos no site ao longo de todo o ano e que pormenorizam todas e cada uma dessas participações mas a síntese é bem elucidativa: 706 subidas ao pódio por escalão etário dos quais 273 ao 1.º lugar. Em classificações absolutas (com seniores) foram 171 vezes TOP 3 e 62 as vezes que os nossos atletas venceram individualmente a prova principal. O documento que aqui tornamos público permite análises ainda mais pormenorizadas, nomeadamente saber-se o quem é quem e o que fez no universo ACP, um clube de amigos que tudo regista, tudo torna público e a todos enaltece por igual. Noutra vertente, a da motivação interna, os feitos conseguidos irão ser celebrados no próximo sábado no decorrer do jantar comemorativo do 28.º aniversário do clube. Todos os atletas receberão diplomas e irão ser repartidos cerca de 7.000 € por aqueles (44) que regularmente sobem ao pódio ou conseguiram classificações de destaque em Campeonatos Nacionais da FPA ou da ATRP. Uma forma de apoiar a vertente do rendimento só possível graças ao apoio de patrocinadores e à dádiva de horas e horas de trabalho pro bono de técnicos e sócios-praticantes do ACP. O objectivo é só um e passa por fazer cumprir a nossa missão: contribuir para o desenvolvimento desportivo do Alto Alentejo. Inspirar. Com toda a modéstia mas também com toda a consciência do enorme edifício que dia-a-dia construímos apenas podemos concluir: missão cumprida! Continuemos pois os mesmos de sempre.

Consulta o Ranking ACP 2018