Conquistadores do asfalto

Lobos em 2 interessantes Meias-Maratonas sobre o signo da saga ibérica dos Descobrimentos. Em Medellin (Espanha) sob a estátua de Hernán Cortés Emílio Paulino (ACP) somou mais um registo de monta. Numa prova de dificuldade muito alta (foi ganha pelo Bruno Paixão na casa da 1 h 16) chegou à Meta 14.º da Geral (2.º M55) com 1 h 34 m 50 s. Na capital do império Miguel Navega (ACP) e Pedro Azeitona (ACP) alinharam entre quase 3000 naquela que é provavelmente a melhor Meia de Lisboa, pelo percurso, pela rapidez e pela dimensão humana. Ambos estiveram ao seu melhor nível e terminaram TOP600 na casa da 1 h 35 m. Na prova de 10 Km associada à Meia de Lisboa João Pereira (ACP) foi 196º com 47 m 38 s. ACP, Clube de Maratonistas, a afirmar-se na meia distância.

João Pereira, António Casanova, Miguel Navega e Pedro Azeitona
Emílio Paulino no pódio em Medellin